Mangueiras

Tipo 1
Destina-se a edifícios de ocupação residencial.
Mangueira de capa simples tecida em fio de poliéster e tubo interno de borracha sintética. leve, compacta e resistente à deterioração por bolor e fungos.


Tipo 2

Destina-se a edifícios residencial e industriais ou Corpo de Bombeiros.
Mangueira de capa simples tecida em poliéster e tubo interno de borracha sintética. Resistente e flexível, é adequada tanto a áreas internas como externas.
Mangueira de capa simples tecida em poliéster e tubo interno de borracha sintética. Robusta e flexível, é própria para áreas industriais como serviços pesado.


Tipo 3

Destina-se a às áreas navais e industriais ou Corpo de Bombeiros, em que é desejável uma maior resistência à absorção.
Mangueira com duas capas tecidas em fio de poliéster e tubo interno de borracha sintética. Resistência extra, própria para uso naval.


Tipo 4

Destina-se a à áreas industrial, na qual é desejável uma maior resistência à abrasão.
Mangueira com capas simples tecidas em fio de poliéster com revestimento externo em composto especial de uretano e tubo interno de borracha sintética. Versátil com as mangueiras tipo 2, com grande resistência ao desgaste, indicada para ambientes industriais internos ou externos e Corpo de Bombeiro


Tipo 5

Destina-se a às áreas industriais ou Corpo de Bombeiros, em que é desejável uma maior resistência à absorção e superfície quentes.
Mangueira com reforço têxtil tecido em fio sintético de alta tenacidade com revestimento externo e tubo interno em borracha nitrílica, fabricada no processo de extrusão contínua TTW. Maior resistência a perfurações, a cortes e a produtos químicos. Alta resistência à abrasão e superfícies quentes. Não necessita lavagem e secagem.

 

Mangueira de incêndio
Mangueira Tipo 1 – Destina-se a edifícios de ocupação residencial. Pressão de trabalho máxima de 980 kPa (10 kgf/cm2).

Mangueira Tipo 2 – Destina-se a edifícios comerciais e industriais ou Corpo de Bombeiros. Pressão de trabalho máxima de 1.370 kPa (14 kgf/cm2).

Mangueira Tipo 3 – Destina-se a área naval e industrial ou Corpo de Bombeiros, onde é indispensável maior resistência à abrasão. Pressão de trabalho máxima de 1.470 kPa (15 kgf/cm2).

Mangueira Tipo 4 – Destina-se a área  industrial, onde é desejável maior resistência à abrasão. Pressão de trabalho máxima de 1.370 kPa (14 kgf/cm2).

Mangueira Tipo 5 – Destina-se a área  industrial, onde é desejável uma alta resistência à abrasão. Pressão de trabalho máxima de 1.370 kPa (14 kgf/cm2)

  • Verificar se a pressão na linha é compatível com a pressão de trabalho de mangueira.
  • Seguir todas as instruções contidas na Norma NBT 12779 – INSPEÇÃO, MANUTENÇÃO E CUIDADOS EM MANGUEIRAS DE INCÊNDIO.
  • A mangueira de incêndio deve ser utilizada por pessoal treinado.
  • Não arrastar a mangueira sem pressão. Isso causa furos no vinco.
  • Não armazenar sob a ação direta dos raios solares e/ou vapores de produtos químicos agressivos.
  • Não utilizar a mangueira para nenhum outro fim (lavagem de garagens, pátios etc.) que não seja o combate a incêndio.
  • Para a sua maior segurança, não utilize as mangueiras das caixas/abrigos em treinamentos de brigadas, evitando  danos e desgastes. As mangueiras utilizadas em treinamento de brigadas devem ser mantidas somente para este fim.
  • Evitar a queda das uniões.
  • Nunca guardar a mangueira molhada após a lavagem, uso ou ensaio hidrostático.

 

 

Tel: (21) 3068-4091 / 3352-4502 / Nextel: 7749-5132 / 10*139232
End: Rua Alice Freitas, 110 – Vaz Lobo – Rio de janeiro – RJ – CEP: 21371-220
E-mail: contato@maxextin.com.br